Pesquisar

Utilizadores Online

We have 19 guests and no members online

+ Saúde "Antioxidantes Numa Casca de Noz"

Nozes

ANTIOXIDANTES NUMA CASCA DE NOZ

 

As nozes não são um osso duro de roer quando se trata de nutrição. Elas são as estrelas da famosa salada Waldorf e deveriam ser presença assídua nas nossa casas e fazer parte de qualquer salada de Verão. E são uma maravilha nutricional. A maioria das nozes são, por outro lado, ricas em antioxidantes que ajudam a combater doenças. Comer nozes regularmente ajuda também a perder peso. E um estudo recente feito com ratos sugere que as nozes podem ajudar a prevenir o cancro da mama e melhorar a memória.

 

 

RECEITA DE NOZES COM ESPECIARIAS

 

Experimente este prato rápido de Mark Bittman, autor de Como Cozinhar Todo. Aqueça uma colher ou duas de chã de um qualquer outro tempero, como caril ou canela, em óleo e um pouco de manteiga numa frigideira. Junte duas chávenas de nozes e vá misturando tudo em lume brando durante um minuto. Transfira para uma assadeira grande e leve ao forno durante dez minutos a 230°, sacudindo a frigideira uma os duas vezes, até as nozes ganharem cheiro e ficarem levemente tostadas. Depois é só servir.

 

 

ADIVINHA

 

É uma caixinha, de bem-querer, não há carpinteiro, que a saiba fazer.

 

Sabes o que é?

+ Saúde "Evite este Químico Perigoso"

 

Evite este químico perigoso

 

As preocupações sobre um produto químico conhecido como bisphenol A (BPA) têm crescido. Embora esteja praticamente em todo o lado, no interior das latas de alimentos, copos e garrafas de plástico, a FDA, autoridade americana do medicamento, advertiu os consumidores para reduzirem a exposição a este material. Entre outras razões de preocupação, um novo estudo sugere que os homens que apresentam altos níveis de BPA têm maior probabilidade de sofrer de doenças cardiovasculares. Para evitar uma eventual sobredosagem:

 

Prefira cartão: o BPA no revestimento interior das latas de alimentos pode passar para a comida ou bebida. Prefira alimentos acondicionados em embalagens herméticas de cartão e produtos frescos em vez de enlatados.

 

Conheça os números: as embalagens de plástico marcadas com códigos reciclados 3 ou 7 podem conter BPA. As outras raramente.

PET - politereftalato de etila: garrafas plásticas de refrigerante, por exemplo;
PEAD - polietileno de alta densidade: frascos para shampoo, caixotes, tubulações de gás etc.
PVC - policloreto de vinila: tubulação de água, eletricidade etc.
PEBD - polietileno de baixa densidade: bolsas, garrafas térmicas, frascos de medicamentos etc.
PP - polipropileno: brinquedos, tubos de caneta, copos plásticos, seringas de injeção etc.
PS - poliestireno: artefatos de isopor, por exemplo.

 

Deite fora as garrafas velhas: a maioria dos fabricantes de garrafas de plástico e ou outras embalagens para líquidos deixaram de usar BPA há pouco mais de um ano. Se tem material mais antigo, deite fora.

Aqueça a comida em vidro: a temperatura alta favorece a transferência do BPA das embalagens para a comida. Por isso, antes de a aquecer no microondas, coloque-a num prato de vidro ou cerâmica.

 

                                    (Janis Graham in Selecções Reader´s Digest)

+ Saúde "Trate-se com comida"

 

Trate-se com comida:

Reduza o risco de cancro

 

O cancro colorrectal é mais frequente nos países ocidentais, e é o cancro que mais mata em Portugal. Para reduzir o risco, a Sociedade Americana do Cancro recomenda que corte no consumo de carne vermelha e aumente o consumo de fruta, vegetais e cereais.

 

Acrescente também estes super-alimentos ao seu menu (novas pesquisas sugerem que são particularmente eficazes):

 

Leite – Beber duas ou mais chávenas por dia reduz em 22% o risco de desenvolver cancro do cólon, de acordo com uma recente revisão de 27 estudos que haviam sido feitos. O leite desnatado parece trazer maiores benefícios.

 

Peixe – Num estudo recente que abrangeu 1800 americanos adultos, aqueles que comeram muita comida com elevados níveis de ácido ómega-3 reduziram o seu risco de cancro do cólon em 39%. Fazer duas refeições com peixes gordos por semana (tais como atum, sardinha ou salmão) é o ideal, dizem os investigadores. É mesmo a porção recomendada para ter um coração saudável.

 

Soja – Por cada 5 g de soja comida todos os dias, as suas probabilidades de desenvolver cancro colorrectal caem cerca de 8%, de acordo com um estudo que abrangeu 68 000 mulheres chinesas. Outra pesquisa demonstra que as moléculas gordas da soja, chamadas sphingadienes, são tóxicas para as células cancerígenas do cólon.

 

Alho – Não só é saboroso como também rico em antioxidantes que impedem o desenvolvimento de cancro do cólon. Cinco dentes de alho por semana, cru ou cozinhado, reduzem o risco em cerca de 37%.

+ Saúde "Suplemento Alimentar"

 

Todos os anos, milhões de pessoas gastam milhares de euros em ginkgo biloba, na esperança de que este suplemento alimentar previna a perda de memória. Poupe o seu dinheiro, porque de acordo com um estudo alargado, adultos seniores que tomaram pílulas de ginkgo durante sete anos apresentaram as mesmas probabilidades de terem problemas cognitivos e perdas de memória que aqueles que apenas tomaram placebos. Os primeiros resultados mostraram que o ginkgo não previne o desenvolvimento de Alzheimer, e os investigadores têm esperança de que este estudo descubra benefícios subtis. O que realmente ajuda? Segundo os investigadores, o exercício regular e uma dieta saudável.

 

                                    (Janis Graham in Selecções Reader´s Digest)